Passaportes: Bolsonaro quer trocar ‘genitor’ por ‘pai’ e ‘mãe’

Presidente planeja fazer mudança nos formulários de pedidos do documento

Pleno.News - 11/07/2019 15h06

Presidente Jair Bolsonaro durante café da manhã com parlamentares evangélicos Foto: Marcos Corrêa/PR

Durante o café da manhã que teve com parlamentares da bancada evangélica nesta quinta-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que pretende fazer uma alteração nos pedidos de passaportes. A mudança é referente ao campo destinação à filiação, que deve ser alterada de “genitor” para “pai” e “mãe”.

O termo é utilizado nos formulários para pedidos do documento de menores de idade.

– O nosso Itamaraty aqui, que tem à frente o embaixador Ernesto Araújo, em nosso passaporte nós estamos acabando com a história de genitor 1 e genitor 2, estamos botando os termos ‘pai’ e ‘mãe – explicou.

Já nos formulários para adultos, o campo adota o termo “filiação 1” e “filiação 2″. De acordo com a PF, o termo genitor é utilizado em face da possibilidade de novas constituições familiares, inclusive para união homoafetiva”.

Durante o evento, Bolsonaro também falou sobre a Organização as Nações Unidas (ONU) e ressaltou que o Brasil disputa a reeleição no Conselho de Direitos Humanos com a pauta “baseada no fortalecimento das estruturas familiares e a exclusão das menções de gênero”.

LEIA TAMBÉM+ Jair Bolsonaro anuncia visita ao Templo de Salomão
+ Com ministros, Bolsonaro recebe bancada evangélica


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo