Leia também:
X ‘Todos haverão de respeitar o resultado das eleições de 2022’

‘Parte do STF quer a volta da corrupção e da impunidade’

Presidente Jair Bolsonaro participou de almoço com empresários em SC

Henrique Gimenes - 06/08/2021 15h22 | atualizado em 06/08/2021 16h12

Presidente Jair Bolsonaro em almoço com empresários de Santa Catarina Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (6), durante um almoço com empresários em Joinville (SC), o presidente Jair Bolsonaro negou realizar ataques contra o Supremo Tribunal Federal (STF), mas disse que parte dos integrantes da Corte quer a “volta da corrupção e da impunidade”.

Em seu discurso, ele também comentou uma nota divulgada pelo presidente da Corte, Luiz Fux, nesta quinta-feira (5).

– O que parte do nosso querido Supremo Tribunal Federal quer é a volta da corrupção e da impunidade. Não estou atacando o Supremo Tribunal Federal. No dia de ontem, a nota do senhor excelentíssimo ministro presidente do Supremo falou que, de acordo com matérias da mídia, o presidente ataca. Olha, quem busca informações junto à mídia já está desinformado – apontou.

Bolsonaro também voltou a criticar o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e afirmou que seu posicionamento contra o voto impresso auditável seria por interesses particulares.

– Não ofendi nenhum ministro do Supremo; apenas falei da ficha do senhor Barroso: defensor do terrorista Battisti, favorável ao aborto, à liberação das drogas, à redução da idade do estupro de vulnerável – ressaltou.

Leia também1 Bolsonaro faz forte discurso: 'Dou a vida pela liberdade de vocês'
2 'Nem o presidente pode agredir a Suprema Corte', diz Pacheco
3 Ao chegar a SC, Bolsonaro é ovacionado pela população
4 Veja quais deputados votaram contra a PEC do Voto Impresso
5 Em live, Bolsonaro dá aviso implacável a Barroso e a Moraes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.