Leia também:
X Governo capta R$ 216 milhões com licitação de áreas portuárias

Para STF, Bolsonaro ‘passou dos limites’ ao criticar Barroso

Corte se reuniu para discutir declarações do presidente

Pierre Borges - 09/04/2021 17h47 | atualizado em 09/04/2021 18h23

Ministro Luiz Fux emitiu uma nota em resposta a Bolsonaro Foto: PR/Marcos Corrêa

Após o presidente Bolsonaro criticar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso pela instauração da CPI da Covid, para investigar uma suposta omissão do Governo Federal em relação à pandemia do coronavírus, os magistrados do Supremo se reuniram para discutir as falas do presidente.

Antes de emitir uma nota em resposta às declarações de Bolsonaro, o presidente do STF, Luiz Fux, conversou com os outros ministros da corte, que avaliaram que o chefe do Executivo teria “passado do limite”, segundo apurou a colunista Bela Megale, do jornal O Globo.

Em conversa com apoiadores na manhã desta sexta-feira (9), Bolsonaro disse que “falta coragem moral” a Barroso, enquanto “sobra ativismo judicial”. O presidente também pediu ao ministro que “use sua caneta em defesa da vida e do povo brasileiro, e não para fazer ‘politicalha’ dentro do Senado”.

Leia também1 Governo capta R$ 216 milhões com licitação de áreas portuárias
2 General diz a Bolsonaro que "é chegado o momento da decisão"
3 Sara Winter nega ter feito delação e acusa "fake news"
4 Bolsonaro a Barroso: 'Vai mandar abrir impeachment de ministros do STF?'
5 Governo age para "minimizar" CPI da Covid e ampliar os 'alvos'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.