Leia também:
X Aldo Rebelo é pré-candidato à Presidência pelo Solidariedade

Para Raquel Dodge, corrupção no Brasil começa nas urnas

PGR considera que o financiamento empresarial estimulou a prática no país

Henrique Gimenes - 16/04/2018 19h06 | atualizado em 16/04/2018 20h39

Para a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, financiamento empresarial é um dos responsáveis pela corrupção Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou, nesta segunda-feira (16), que a corrupção no Brasil “começa nas urnas”. Para ela, os altos financiamentos realizados por empresas acabam por servir a interesses próprios.

A declaração foi dada durante um evento na Faculdade de Direito da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. De acordo com Dodge, ainda há incerteza neste ano eleitoral após o Supremo Tribunal Federal (STF) proibir o financiamento empresarial, já que ainda não ficou estabelecido como será feito o controle. Ela considera que este tipo de financiamento é prejudicial ao país.

– A corrupção, que é uma praga no Brasil, começa nas urnas, nas caríssimas campanhas financiadas por empresas que querem garantir contratos com o Estado através do apoio ilegal aos eleitos. Mas a lei começou a garantir igualdade para todos. E nossas instituições estão provando ser coerentes e decididas a aplicar as regras constitucionais – destacou.

No evento, a procuradora-geral da República também fez críticas ao foto privilegiado, que ela considera não ter “nenhum sentido”. Segundo ela, essa proteção servia apenas para manter o sistema de corrupção.

– Este é um dos elementos que vinha mantendo o sistema de corrupção, não só porque define um lugar privilegiado, mas também por alimentar a ideia de que o juiz de primeiro grau não tem credibilidade para julgar essas pessoas. Temos de caminhar no caminho oposto, o de aumentar credibilidade dos juízes em toda sua carreira – apontou.

Leia também1 Processo de políticos do PMDB terá 42 testemunhas ouvidas
2 Casal Garotinho será ouvido em ação eleitoral na quarta

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.