CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Bolsonaro recebe estudante que foi vítima de fake news

Para Bolsonaro, críticas de Carlos são opiniões pessoais

Presidente disse que vai seguir com Mourão até pelo menos 2022

Henrique Gimenes - 25/04/2019 16h34 | atualizado em 25/04/2019 17h17

Presidente Jair Bolsonaro e vice Hamilton Mourão em café da manhã com jornalistas Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro minimizou, nesta quinta-feira (25), as críticas feitas por seu filho, Carlos Bolsonaro, ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão. Ele negou ainda qualquer crise no governo.

A declaração foi dada durante um café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto. De acordo com o presidente, Carlos “tem um ânimo um pouco exaltado”, mas ele está apenas dando sua opinião nas redes sociais.

– É liberdade de expressão ele omitir opinião. Não há crise – apontou.

Bolsonaro disse ainda que Mourão e ele estarão juntos pelo menos até 2022 e que pontos de vista contrários são normais em relacionamentos.

– Esse casamento [com Mourão] é até 2022, no mínimo. Nós nos acostumamos com um vice-presidente poste e ele tem toda liberdade para falar. Ele está muito preparado para me substituir. Vice é sempre uma sombra e às vezes não se guia de acordo com o sol, mas por enquanto está tudo bem. Como um excelente casamento, se todo mundo disser sim não vai dar certo – explicou.

Leia também1 Carlos Bolsonaro sofre 'ataque' homofóbico de Jean Wyllys
2 Veja por que Carlos Bolsonaro critica atitudes de Mourão
3 Bolsonaro desmente matéria da Época: "Perseguição"

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo