Leia também:
X Bolsonaro ironiza missão da OEA, que vai observar as eleições

“Panfleto do PT tenta enganar eleitor evangélico”, diz Universal

Matéria do site Folha Universal mostra os erros do discurso petista

Leiliane Lopes - 26/09/2022 18h12 | atualizado em 26/09/2022 18h41

Material político foi distribuído pelo PT com o objetivo de confundir o eleitor evangélico Foto: Divulgação

O jornal Folha Universal, da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), fez uma publicação em resposta ao panfleto criado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para conquistar o voto dos evangélicos.

O material impresso foi distribuído pelas ruas de todo o país para tentar mudar a visão dos evangélicos em relação ao ex-presidente Lula, o que a IURD classificou como uma forma de enganar esse eleitorado.

Com o título É tempo de esperança, o Brasil tem jeito, o material apresenta 11 propostas para assuntos diversos, como a defesa da família, liberdade religiosa e valorização da mulher, mas sempre de uma forma diferente do que esses temas realmente significam para os evangélicos.

Sobre a defesa da família, por exemplo, o folheto petista não fala contra ideologia de gênero ou aborto. Pelo contrário, ele fala sobre distribuição de renda.

A reportagem da Folha Universal apresenta os erros desses discursos, mostrando o que realmente o candidato do Partido dos Trabalhadores pensa sobre esses assuntos.

– De acordo com o documento, a “preocupação com os valores e com a família é central para Lula e Alckmin”. A frase é seguida por exemplos, como o respeito aos mais velhos e os direitos de brincar e de ter uma moradia. Contudo, contrariando o folheto, o ex-presidente afirmou recentemente em um evento que “a pauta da família, pauta dos valores, é uma coisa muito atrasada”. Em outra ocasião afirmou que o aborto é “questão de saúde pública”. Além disso, outras bandeiras defendidas pela ideologia são o fim da monogamia e do casamento convencional e a defesa da união de várias pessoas, o chamado poliamor – explica o texto da Universal.

Sobre a liberdade, a Universal mostra que, mesmo defendendo a liberdade em seu folheto, o PT tem planos de controlar a imprensa e as mídias sociais, atitude que, para o jornal, é semelhante à censura.

Outro ponto do panfleto que a IURD fez questão de mostrar o erro é sobre a defesa da paz, em que a campanha petista utiliza frases da Bíblia fora do contexto para criticar as leis do atual governo em relação à posse de armas.

– O documento cita as armas espirituais mencionadas na Bíblia para combater o acesso às armas de fogo pela população. Ele argumenta que é esse armamento que causa o aumento da violência – diz o texto da Folha Universal.

No final da matéria, a IURD pede aos evangélicos que não se iludam por promessas e para que eles não deixem com que o passado de um governo desastroso se repita.

– Não há espaço suficiente para indicar todos os impactos negativos causados pelos governos petistas ao Brasil. A estratégia atual, contudo, é contar com o esquecimento do povo e focar nas coisas que pareciam boas no passado, mas que se mostraram um desastre. As evidências são claras. Não se deixe iludir por promessas que servirão apenas para permitir que o passado se repita – finaliza.

Leia também1 Universal acusa Boulos de fake news por imagem de templo
2 Bispo Edir Macedo declara voto em Bolsonaro e Tarcísio
3 Fake News! Jornalista inventa apoio da Universal a Lula
4 Notificada pela Igreja Universal, Gleisi apaga post com fake news
5 Igreja Universal: "Lula finge que não aprendeu o que é facção"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.