Leia também:
X STF define regra que “limita” votos de indicados por Bolsonaro

Pacheco: “Pauta de combustíveis será definida no fim de semana”

Presidente do Senado assumiu a Presidência de forma interina devido à viagem do presidente Jair Bolsonaro

Pleno.News - 09/06/2022 21h41 | atualizado em 10/06/2022 09h43

Presidente Jair Bolsonaro transmitiu o cargo ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco Foto: Alan Santos/PR

O presidente em exercício, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou, nesta quinta-feira (9), na saída do Palácio do Planalto que vai definir neste fim de semana se o Senado votará o pacote dos combustíveis na próxima segunda (13).

Pacheco é presidente do Senado e responsável por pautar os projetos em plenário, mas até domingo exerce ainda a Presidência da República interina, devido à viagem do presidente Jair Bolsonaro (PL) aos Estados Unidos.

Os dois primeiros nomes da linha sucessória, o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), também estão fora do País.

A expectativa é que o Senado aprecie, na próxima segunda, o projeto de lei complementar que estabelece um teto para o ICMS incidente sobre os combustíveis. O texto integra o pacote apresentado pelo Executivo para tentar frear a alta dos combustíveis.

A jornalistas, Pacheco não quis revelar quais atos assinou enquanto presidente interino nesta quinta.

– Assinei o que presidente Bolsonaro assinaria – limitou-se a dizer.

De acordo com o parlamentar, a Secretaria de Comunicação do governo (Secom) vai divulgar o que foi assinado em breve.

*AE

Leia também1 Guedes pede que supermercados deem 'um freio na alta de preços'
2 Relator diz que preço da gasolina pode cair até R$ 1,65 por litro
3 PT se posiciona contra projeto que define limite para o ICMS
4 Para Bolsonaro, governadores serão "solidários" com o ICMS
5 Bolsonaro poderia resolver combustíveis na canetada, mas não tem coragem, diz Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.