Leia também:
X ‘Se venderem, eu tomo de volta’, diz Ciro Gomes sobre a Petrobras

Pacheco oficializa sua filiação ao PSD em evento no Memorial JK

Presidente do Senado deixou o DEM e deve concorrer às eleições presidenciais em 2022

Thamirys Andrade - 27/10/2021 12h58 | atualizado em 27/10/2021 13h05

Rodrigo Pacheco Foto: Agência Senado/Edilson Rodrigues

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, oficializa nesta quarta-feira (27) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A cerimônia ocorre no Memorial JK, na Praça do Cruzeiro, em Brasília.

O parlamentar eleito em 2018 era filiado ao Democratas (DEM) de Minas Gerais, legenda comandada pelo ex-ministro Gilberto Kassab.

O novo partido do senador anunciou o nome dele como o candidato da sigla à Presidência em 2022.

– Rodrigo mostrou que ele tem talento e sabedoria para a vida pública. Se Deus quiser, ele é o próximo presidente do Brasil. O PSD está pronto para abraçar suas propostas – declarou Kassab no último sábado (23).

Leia também1 Bolsonaro diz que está mais próximo de se filiar ao PP ou PL
2 ‘Se venderem, eu tomo de volta’, diz Ciro Gomes sobre a Petrobras
3 Justiça determina que primo de Davi Alcolumbre seja solto
4 Donald Trump envia mensagem oficial de apoio a Bolsonaro
5 Três ministros votam contra cassação da chapa de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.