Leia também:
X Temer sugere a Bolsonaro que revogue perdão e ganha um ‘não’

Pacheco: Indulto de Bolsonaro a Silveira “fragiliza Justiça”

Ainda segundo o presidente do Senado, perdão concedido ao deputado “gera sentimento de impunidade"

Pleno.News - 22/04/2022 19h07 | atualizado em 22/04/2022 19h08

Rodrigo Pacheco Foto: Agência Senado/Waldemir Barreto

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), se manifestou sobre o indulto concedido pelo presidente Jair Bolsonaro ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ). Ele deu declarações durante uma entrevista ao jornal O Globo.

– O instituto da graça para um condenado que está em dias de morrer com uma doença terminal ou que tenha praticado na sequência um ato de nobreza a ser reconhecida pelo Estado ou em algumas situações, milhares de mães que se veem envolvidas em um problema com seus filhos e que eventualmente pratique um crime. Essas hipóteses seriam mais adequadas ao instituto da graça do que essa hipótese específica – falou Pacheco.

Ainda segundo o presidente do Senado, a atitude do presidente da República “fragiliza a Justiça Penal do país”.

– Mas o presidente tem a legitimidade e é discricionário dele de decidir em qual caso ele deve aplicar ou não. Não sou eu nem você. É ele. Então, com isso nós temos que nos render ao comando constitucional que prevê essa possibilidade. Certamente essa situação, nessas circunstâncias, gera um sentimento de impunidade e fragiliza a Justiça Penal do país.

Leia também1 STF: Ministros querem "resposta única" a perdão de Bolsonaro
2 Bolsonaro: "Indulto a Silveira simboliza garantia da liberdade"
3 Feliciano "desafia" o Senado a tomar atitude contra desmandos
4 Em 2018, Weber foi favorável a indulto decretado por Temer
5 PDT apresenta novo pedido de impeachment de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.