Leia também:
X Alesp analisa afastamento de Fernando Cury nesta quarta

Pacheco alega “movimentação atípica”, e fecha redes sociais

Presidente do Senado trancou os perfis e acesso agora está restrito apenas para aqueles que já são seguidores

Paulo Moura - 30/03/2021 07h36 | atualizado em 30/03/2021 07h45

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), trancou o acesso às suas contas nas redes sociais desde a tarde de segunda-feira (29). Com a medida, as visualizações e comentários nas páginas do político no Twitter, Facebook e Instagram agora estão restritas apenas para aqueles que já eram seus seguidores antes do trancamento.

Segundo a assessoria de Pacheco, o trancamento das redes ocorreu após uma “movimentação atípica”, mas destacou que essa será apenas uma solução momentânea. A equipe do presidente do Senado disse que a decisão é uma forma de confirmar se um possível ataque, que pode envolver ou não robôs, se confirma contra os perfis do senador.

Perfil de Rodrigo Pacheco está trancado Foto: Reprodução

Como presidente do Congresso Nacional, Pacheco segue no centro das pressões para que o pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), seja pautado no Senado. Um abaixo assinado virtual sobre o assunto, criado pelo jornalista Caio Coppolla, alcançou quase 3 milhões de assinaturas a favor de que o tema seja discutido.

Pacheco também esteve, nos últimos dias, no centro do movimento de congressistas que pressionaram pela demissão de Ernesto Araújo do Ministério das Relações Exteriores, que acabou pedindo para deixar o cargo na segunda-feira, sendo substituído pelo embaixador Carlos França.

Leia também1 Ministro Ernesto Araújo pede demissão do cargo de chanceler
2 Pacheco afirma querer aprovar as reformas ainda em 2021
3 Pacheco diz que meta de vacinar 1 milhão por dia é possível
4 Governadores querem entrar em comitê, e Pacheco diz ser federal
5 Senadores pedem mudanças nas Relações Exteriores, diz Pacheco

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.