Leia também:
X EUA planejam distribuir vacina da J&J já na próxima semana

Pacheco admite possibilidade de fatiar PEC Emergencial

Medida poderia ser adotada para destravar a liberação do auxílio

Pleno.News - 24/02/2021 17h56

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), admitiu a possibilidade de fatiar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial e aprovar apenas a medida para destravar o auxílio emergencial, deixando os dispositivos de contenção de gastos para depois.

A articulação cresceu nos bastidores do Senado e deve ser discutida em reunião de líderes nesta quinta-feira (25).

– Não avaliamos isso ainda, mas eventualmente pode ser uma possibilidade – afirmou Pacheco em entrevista à imprensa antes da sessão do plenário.

A votação da proposta, pautada para quinta-feira deve ser adiada para a próxima terça-feira (2).

A equipe econômica tenta barrar a pressão pelo fatiamento.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), sinalizou que pode deixar de votar a proposta se os senadores aprovarem só o auxílio emergencial. A avaliação é que o restante da medida, com as medidas de ajuste, vai “morrer” no Senado.

O movimento levou o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), a afirmar que a PEC não será fatiada.

– Vamos votar uma PEC robusta, que traduza o compromisso com a sustentabilidade da dívida e a responsabilidade fiscal. Sem fatiamento – escreveu Bezerra, no Twitter.

*Estadão

Leia também1 Davi Alcolumbre assume comando da CCJ do Senado
2 PL da privatização dos Correios será entregue nesta semana
3 Pacheco fala em alinhamento com a Câmara por reformas
4 Pacheco afirma que governo irá detalhar novo auxílio em março
5 'Operações policiais não podem extrapolar a lei', diz Pacheco

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.