Leia também:
X Janaina critica possibilidade de demitir quem não se vacinou

“Oro em desfavor do Xandão”, diz Roberto Jefferson em vídeo

Presidente do PTB deixou hospital e retornou ao presídio

Monique Mello - 16/10/2021 19h22 | atualizado em 16/10/2021 19h25

Roberto Jefferson faz uma leitura bíblica “contra” Alexandre de Moraes Foto: Repodrução/Instagram Guilherme Amado

Em um vídeo enviado a aliados na última quinta-feira (14), o presidente do PTB, Roberto Jefferson, afirmou que “ora em desfavor do Xandão”, referindo-se ao ministro do STF Alexandre de Moraes, o seu “algoz”.

Segurando uma Bíblia, o político faz a leitura do Salmo 109, no qual Davi fala das maldições que os iníquos e enganadores merecem. O referido Salmo, inclusive, é conhecido por conter algumas das mais severas maldições da Bíblia Sagrada.

– Estejam os seus pecados sempre, Xandão, perante o Senhor – parafraseou Jefferson em uma das passagens.

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guilherme Amado (@guilhermeamado)

Após ficar mais de um mês internado, Roberto Jefferson, teve alta do Hospital Samaritano Barra na tarde desta quinta-feira (14). Na saída do hospital, ele foi conduzido por uma escolta policial.

O ministro Alexandre de Moraes determinou o “imediato retorno” de Jefferson ao presídio.

– Diante das informações de que o quadro de saúde de Roberto Jefferson Monteiro Francisco evoluiu de modo a permitir sua alta médico-hospitalar, conforme consignado pelo Hospital Samaritano Barra (local indicado pelo próprio custodiado para o seu tratamento), é certo que o retorno ao cárcere, neste momento processual, é a medida que se impõe, desde que, efetivamente, a alta hospitalar seja concedida pela equipe médica responsável – apontou Moraes em sua decisão.

 

Leia também1 Moraes manda periciar contas do PTB após denúncia de Eustáquio
2 Após mais de 40 dias detido no DF, Wellington Macedo é solto
3 Janaina critica possibilidade de demitir quem não se vacinou
4 Lista em apoio a Mendonça é assinada por 33 senadores da CCJ
5 23 deputados do PSL deixarão o partido após fusão com o DEM

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.