Oposição quer criar CPI contra Sergio Moro e a Lava Jato

Deputados conseguiram assinaturas necessárias para investigar diálogos vazados pelo site The Intercept Brasil

Pleno.News - 13/09/2019 17h03

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Nesta sexta-feira (13), deputados de oposição apresentaram, à mesa diretora da Câmara dos Deputados, um requerimento para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a “suposta articulação entre os membros da Procuradoria da República no Paraná e o então juiz Sergio Moro“. A medida conta com a assinatura de 175 parlamentares.

O texto foi elaborado por oito deputados, André Figueiredo (PDT-CE), Alessandro Molon (PSB-RJ), Daniel Almeida (PCdoB-BA), Ivan Valente (PSOL-SP), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Orlando Silva (PCdoB-SP), Paulo Pimenta (PT-RS) e Tadeu Alencar (PSB-PE). A intenção é apurar os supostos vazamentos de diálogos revelados pelo site The Intercept Brasil na série denominada Vaza Jato.

À revista Exame, Jandira Feghali, responsável pela coleta de assinaturas, afirmou que os deputados precisavam agir após a revelação das conversas.

– Após diversas revelações por parte das reportagens do Intercept e enorme pressão popular, precisávamos agir. Por que a criação de uma CPI? Primeiro o Deltan se recusou a comparecer à Câmara nos dois convites que recebeu. E Moro, quando foi, não respondeu a nada – ressaltou.

A parlamentar, no entanto, garantiu que a CPI não será utilizada como um “instrumento de perseguição”.

– Não queremos a CPI como instrumento de perseguição, mas de aprofundar as investigações. Queremos saber se houve violação da Constituição, do código da magistratura, do estatuto do Ministério Público, se delações foram negociadas, se pessoas inocentes foram feitas de réu. Isso tudo precisa ser esclarecido – apontou.

O documento diz que as “questões reveladas são de uma gravidade ímpar. Se houve, de fato, comunhão entre o Poder Judiciário e Ministério Público, constata-se violência contra o Estado Democrático de Direito e os princípios constitucionais”.

LEIA TAMBÉM+ Dodge pede que STF suspenda portaria de Moro
+ Pesquisa do PT diz que apoio à Lava Jato e a Moro caíram


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo