Leia também:
X Pacote anticrime de Sérgio Moro prevê penas mais duras

Onyx: “Já temos votos para a Previdência no Senado”

Ministro da Casa Civil também comentou a escolha do presidente do Senado

Henrique Gimenes - 04/02/2019 14h40

Ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Nesta segunda-feira (4), o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que o governo já possui “na conta” os 49 votos necessários para aprovar a reforma da Previdência no Senado Federal. A declaração foi dada durante uma entrevista à Rádio Gaúcha.

A reforma deve ser apresentada ao Congresso agora em fevereiro. O texto já está sendo preparado e ainda passará por um “ajuste fino” com o presidente Jair Bolsonaro. Por se tratar de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), o governo precisará do mínimo de 308 votos dos 513 deputados e também de 49 votos dos 81 senadores. De acordo com Onyx, o governo já possui o necessário para a aprovação da proposta.

– Sendo objetivo, a gente já tem na conta bem mais que os 49 (…) Como tem que ser na Câmara também, porque votação de emenda Constitucional, a gente tem que ter uma margem de segurança – ressaltou.

O ministro disse que a projeção é baseada no “convencimento” dos parlamentares por meio de um grande diálogo.

Ao longo da entrevista, Onyx Lorenzoni também comentou a escolha do presidente do Senado, ocorrida no sábado (2). De acordo com o ministro, Renan desistiu da disputa porque iria sofrer uma derrota “acachapante”. Ele disse ainda que o senador iria transformar a Casa em um “antro de resistência” às propostas do governo por causa do apoio que recebeu do PT nos últimos anos.

– O objetivo era transformar a Presidência do Senado e o Senado Federal em uma cidadela de resistência à vontade popular e ao desejo do país de ter mudanças, e o governo simboliza isso – apontou.

Leia também1 Pacote anticrime de Sérgio Moro prevê penas mais duras
2 Ano legislativo será aberto com mensagem de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.