Leia também:
X Lula deve entregar Ministério do Esporte ao Partido Comunista

“O TSE apagou as 4 linhas”, diz Guilherme Fiuza

Jornalista cita ações controversas da Corte

Monique Mello - 05/12/2022 10h44 | atualizado em 05/12/2022 11h18

Guilherme Fiuza
Guilherme Fiuza Foto: Reprodução/YouTube/Os Pingos nos Is

Na manhã desta segunda-feira (5), Guilherme Fiuza disse que o “TSE apagou as 4 linhas”. Por meio das redes sociais, o jornalista enumerou atitudes recentes do Tribunal Superior Eleitoral que corroboram com a afirmação.

– O TSE foi desmentido pelo Ministério da Defesa sobre inexistência de fraude na eleição, ignorou as irregularidades nas urnas apontadas pelo PL, faltou à audiência no Senado que expôs falhas eleitorais graves, endossou parecer do TCU que ocultou essas falhas. O TSE apagou as 4 linhas – escreveu.

Entre os mais de 1.600 comentários, internautas citaram que Fiuza “esqueceu” de mencionar a recusa da Corte em liberar o código-fonte das urnas para auditoria.

Leia também1 Augusto Nunes, Henkel e Fiuza se reúnem em novo programa
2 Guilherme Fiuza lança livro sobre o sequestro da liberdade
3 GSI com Lula deve ter general na chefia e manter controle da Abin
4 Indígenas participam de atos contra Lula em Brasília
5 Leonardo Gonçalves e Kleber Lucas cantarão na posse de Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.