“O desarmamento nunca foi aprovado pelos brasileiros”

Deputado federal Eduardo Bolsonaro defendeu facilidades para CACs

Pleno.News - 15/04/2019 12h40

Eduardo Bolsonaro defende facilidades para compra de armas Foto: Reprodução

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou, através de suas redes sociais, que o governo e os parlamentares irão trabalhar pelo armamento. Nesta segunda-feira (15), ele se reuniu com o chefe de gabinete do presidente Jair Bolsonaro, Pedro César, e com o subchefe de Assuntos Jurídicos, Jorge Oliveira, sobre o assunto.

O parlamentar declarou que o trio tratou sobre benefícios a caçadores, atiradores esportivos e colecionadores de armas de fogo.

– Os próximos passos estão por vir, em consonância com as ideias dos 59 milhões de brasileiros que votaram “não” no referendo de 2005. O desarmamento nunca foi aprovado pelos brasileiros – atestou o filho do presidente.

Um CAC (Caçador, Atirador e Colecionador) é alguém que possui uma licença especial para portar arma de fogo e que não é ligado a serviços de segurança. O interessado deve obter um Certificado de Registro e, para isso, precisa cumprir alguns pré-requisitos.

Eduardo Bolsonaro fala sobre armamento Foto: Reprodução

Entre eles estão ser filiado a um clube de tiro, prova de capacitação técnica, avaliação psicológica e ter um local adequado para guardar a arma. O armamento precisa ser registrado e obter uma guia de tráfego.

LEIA TAMBÉM+ Veja na íntegra o texto sobre 1964 a ser lido nos quartéis
+ Nova Zelândia endurece leis de posse de armas após ataque
+ Roberto Carlos fala de posse de armas: 'Vivemos numa guerra'


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo