Leia também:
X Eduardo Bolsonaro e Malafaia reforçam boicote à Natura

Nome sujo: Lula está devendo R$ 1,1 milhão à Receita Federal

Multas fazem parte dos processos em que foi condenado

Gabriela Doria - 28/07/2020 15h51 | atualizado em 28/07/2020 15h53

Ex-presidente Lula, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro Foto: Instituto Lula/Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está com o nome inscrito no cadastro de dívida ativa da União. A dívida gira em torno de R$ 1,1 milhão. Os cálculos da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional incluem uma multa de R$ 514 mil, mais R$ 342 mil em impostos e mais R$ 342 mil em juros.

O montante diz respeito ao processo pelo qual o petista foi condenado a 26 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Outro da família que precisa acertar as contas com a Receita Federal é o sobrinho do ex-presidente, Taiguara Rodrigues dos Santos. Ele fez fortuna em negócios suspeitos durante a gestão de Lula no Planalto. Taiguara deve R$ 321 mil ao Fisco.

Apesar das multas “salgadas”, quem tem motivo real para pânico é o ex-ministro José Dirceu. Os débitos do ex-chefe da Casa Civil chegam a R$ 68 milhões, sendo R$ 33 milhões em seu nome e R$ 35 milhões em nome de sua empresa, a JD Assessoria e Consultoria. A empresa era usada para lavar dinheiro de corrupção.

O empresário e amigo de Lula, José Carlos Bumlai, também foi pego pela Receita Federal. Ele e seus dois filhos devem cerca de R$ 21 milhões.

Leia também1 Dias Toffoli defende bloqueio de perfis nas redes sociais
2 Teólogo associa Bolsonaro ao Anticristo e causa revolta
3 Bolsonaro sobre Dino: "Quer pacto, mas continua fechado"
4 Bolsonaro aprova prorrogação da validade de receita médica
5 Ouro e 15 diamantes que eram de Sérgio Cabral vão a leilão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.