CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Governo brasileiro celebra o Dia de Memória do Holocausto

“Não tenho medo de advogado de bandidos”, avisa Damares

Ministra denunciou mais um caso de ódio contra ela na internet

Rafael Ramos - 27/01/2020 15h10 | atualizado em 27/01/2020 16h40

Damares Alves denunciou casos de violência política Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

A ministra Damares Alves usou suas redes sociais, neste domingo (26), para denunciar que tem sido vítima do ódio de homens simplesmente por ela pensar diferente deles. Um exemplo é um advogado conhecido que, em um um grupo de WhatsApp, chamou Damares de aberração.

Junto com o desabafo, ela compartilhou a notícia de que o Ministério Público denunciou o militante político José Renato Andrade por incitar o crime de estupro contra a ministra. Em outubro de 2019, Andrade afirmou que Damares deveria manter relações sexuais com 15 presidiários por pelo menos 24 horas para “sossegar suas partes íntimas”.

Ministério Público denunciou ataque de militante contra ministra Foto: Reprodução

– Conseguem imaginar que no Brasil, em pleno 2020 ainda tem homens que desejam e incitam estupros contra mulheres só por elas pensarem diferentes deles? Fico aqui imaginando o que acontece nos rincões do Brasil com mulheres que não tem acesso a justiça e que são dominadas pelo medo de denunciar. Estou lutando para que em breve tenhamos uma nação fraterna onde as pessoas se respeitem e vamos usar como instrumento a educação em direitos humanos.

Ao final, Damares enviou um recado para o advogado que a chamou de aberração. Ela declarou que essa violência política já passou dos limites.

– O tal advogado famoso me aguarde! Não tenho medo de bandido quanto mais de advogado de bandidos.

Leia também1 Justiça penhora carro de Ciro por indenização a Holiday
2 No ES, prefeito ajuda a limpar cidade arrasada pelas chuvas
3 Moro diz que não disputará eleições: "Vou tatuar na testa"

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo