Leia também:
X Jornalista chama bolsonarismo de ‘seita antidemocrática’

Na CPI, Teich diz que saiu do governo por falta de autonomia

Ex-ministro da Saúde afirmou ainda que o governo queria ampliar o uso da cloroquina

Pleno.News - 05/05/2021 14h48 | atualizado em 05/05/2021 18h04

Ex-ministro da Saúde, Nelson Teich Foto: Reprodução

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid nesta quarta-feira (5), o ex-ministro da Saúde Nelson Teich afirmou que saiu do cargo devido ao fato de não ter autonomia para trabalhar. Outro ponto apontado por ele que culminou em sua saída foi o fato de o governo querer ampliar o uso de cloroquina no tratamento contra o coronavírus.

Teich assumiu cargo logo após a saída de Luiz Henrique Mandetta da Pasta. Ele, no entanto, passou apenas 28 dias no comando do Ministério, entre abril e maio de 2020.

– O pedido específico [de demissão] foi pelo desejo [do governo] de ampliação do uso de cloroquina. Esse era o problema pontual. Mas isso refletia uma falta de autonomia e uma falta de liderança – apontou Nelson Teich.

O ex-ministro também ressaltou que, na época, sua convicção pessoal era de que não existia eficácia para liberar a cloroquina.

– As razões da minha saída do ministério são públicas. Elas se devem basicamente à constatação de que eu não teria autonomia e liderança que imaginava indispensáveis ao exercício do cargo. Essa falta de autonomia ficou mais evidente em relação às divergências com o governo quanto à eficácia e extensão do uso do medicamento cloroquina para o tratamento da Covid-19, enquanto minha convicção pessoal, baseada nos estudos, [era de] que naquele momento não existia evidência de sua eficácia para liberar [o uso] – destacou.

Teich também foi questionado sobre o nome de Eduardo Pazuello, que assumiria o cargo de ministro após a saída de Teich da Pasta.

– Ele [Pazuello] foi indicado a mim pelo presidente […] Embora ele não tivesse experiência em saúde, eu contava que, sob a minha orientação, ele executasse de forma adequada o que fosse definido na minha estratégia de planejamento – apontou.

 

 

Leia também1 CPI da Covid ouve nesta quarta-feira o ex-ministro Nelson Teich
2 Eduardo Girão questiona Mandetta: “Erro ou hipocrisia?”
3 Faria sobre Mandetta: 'Dizia para procurar hospital quando estivesse sentido falta de ar'
4 Vídeo: Mandetta diz que foi à praia sem máscara "só por duas horas"
5 CPI da Covid: Depoimento de Pazuello é remarcado para dia 19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.