Leia também:
X Tarcísio projeta R$ 100 bilhões em investimentos para 2021

Na CPI, Renan chama Osmar Terra de “líder do negacionismo”

Relator citou a condenação de Galileu Galilei, em comparação

Monique Mello - 22/06/2021 12h20 | atualizado em 22/06/2021 12h49

Renan Calheiros e Osmar Terra se cumprimentam antes de iniciar depoimento Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), chamou Osmar Terra de “líder do negacionismo”, durante sessão da CPI nesta terça-feira (22).

– Eu defendo a vacina. Eu não sou negacionista. Eu não nego a vacina. Acho que temos de enfrentar qualquer pandemia, e a melhor forma de salvar vidas é trabalhar como foi feito em todas as pandemias – respondeu Terra.

Renan confrontou o parlamentar com declarações anteriores, quando Osmar Terra disse que a vacina só teria eficácia “depois da imunidade de rebanho”. O relator também comparou o depoimento de Terra à segunda condenação de Galileu Galilei pelo Tribunal do Santo Ofício, sistema jurídico criado pela Igreja Católica para combater heresia, blasfêmia e bruxaria.

– Quero lembrar um fato que considero muito importante: a segunda condenação de Galileu no tribunal do Santo Ofício, quando, em 1633, [ele] foi condenado a renegar a ciência. O autor Mauro Lívio, que conta essa história no livro Galileu e os Negadores da Ciência, lembra que a história do cientista serve de poderoso alerta sobre a liberdade de pensamento em um mundo de atitudes governamentais anticientíficas, com negadores da ciência ocupando cargos importantes e gerando conflitos desnecessários – disse Calheiros.

Osmar Terra reforçou que a tendência da pandemia é diminuir no Brasil com a vacinação e com a “infecção da população que se contaminou, sem culpa, trancada em casa”.

– A imunidade de rebanho não é uma técnica e nem uma estratégia de enfrentamento, é o resultado de qualquer epidemia, inclusive a de uma gripe de inverno – disse o deputado.

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), também criticou as declarações. Para ele, quem foi contra isolamento e apostou na imunidade de rebanho é “cúmplice das mortes”.

 

Leia também1 CPI aprova lista de investigados divulgada por Renan
2 Lira avalia que a CPI da Covid 'não vai trazer efeito algum'
3 Aziz segue Randolfe e também atribui anúncio de vacinas à CPI
4 Bolsonaro expõe aglomeração de Renan Calheiros e filho em AL
5 CPI marca acareação de Luana Araújo com coordenadora do PNI

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.