Leia também:
X PL quer que IML dê kit vestuário para vítimas de violência doméstica

Na CPI, Helcio Bruno nega jantar com Dominghetti: “Era almoço”

Tenente-coronel afirma que não tem intimidade com Dominghetti

Pierre Borges - 10/08/2021 16h52 | atualizado em 10/08/2021 17h20

Tenente-coronel Helcio Bruno
Tenente-coronel Helcio Bruno Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Durante a sessão desta terça-feira da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, o tenente-coronel da reserva Helcio Bruno de Almeida, presidente do Instituto Força Brasil (IFB) foi questionado se esteve presente em um jantar com o cabo da Polícia Militar Luiz Paulo Dominghetti, apontado como vendedor autônomo de vacinas da empresa americana Davati Medical Supply. Os senadores suspeitam de que Helcio tenha relação com o suposto pedido de propina de 1 dólar por dose de vacina, confirmado por Dominghetti.

Em seu discurso de abertura, Helcio afirmou que jamais esteve em qualquer jantar com Dominguetti, “muito menos naquele que teria ocorrido em 25 de fevereiro”, dia em que teria acontecido o pedido de propina. Helcio afirmou ainda que, nesta data, ele “sequer o conhecia”. Após a exibição de uma foto que mostra o tenente-coronel participando de uma refeição com o policial, Helcio manteve a versão e disse que “não era jantar, era almoço”.

– Não, não é jantar. Isso foi um almoço. O senhor estava perguntando sobre jantar que houve antes da reunião. Quando terminou a reunião, no dia 12 [de março], na Secretaria Executiva, estávamos em lockdown, os restaurantes estavam fechados, o reverendo Amilton nos convidou pra almoçar nessa residência – afirmou.

O senador Randolfe Rodrigues, vice-presidente da CPI, questionou então a declaração de Helcio sobre não ter intimidade com Dominghetti, fato que foi reafirmado pelo depoente.

– Intimidade? Foi um almoço, convidado pra um almoço. Está com fome, vai comer. Não tem intimidade nenhuma nisso – afirmou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pleno.News (@plenonews)

Leia também1 PL quer que IML dê kit vestuário para vítimas de violência doméstica
2 Vídeo: Cristãos reagem a ataque antifa com adoração, e militante se converte
3 MPF aciona Anvisa por não colocar em quarentena passageiros internacionais
4 Estudo aponta que 3ª dose da CoronaVac aumenta anticorpos
5 Zambelli pede que povo cobre deputados pelo voto auditável

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.