Leia também:
X Moraes ordena prisão de Torres; PF cumpre buscas em residência

Mutirão: Major pede advogados para presos que estavam no QG

Grande parte dos detidos encontrava-se em frente ao Quartel-General de Brasília

Priscilla Brito - 10/01/2023 17h43 | atualizado em 10/01/2023 18h30

Soldados desmontam acampamento em frente ao quartel general de Brasília Foto: EFE/ Andre Borges

Por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, cerca de 1,5 mil pessoas foram presas em Brasília (DF), no último domingo (8). Os manifestantes que foram presos encontravam-se em frente ao Quartel General do Exército de Brasília, quando foram encaminhados pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) à Academia Nacional da Polícia Federal (PF), em mais de 50 ônibus.

Nesta segunda-feira (9), o major do exército Hugo Christiani, que foi candidato a deputado federal no estado de Goiás no ano passado, divulgou uma iniciativa que tem como objetivo atender aos detidos e sugeriu que advogados criminalistas do Distrito Federal e estados próximos ajudem de forma voluntária, homens e mulheres presos no domingo.

– (…) Se você tem algum parente, amigo, colega ou conhecido que tenha sido preso durante as manifestações e que não esteja sendo assistido pela Defensoria Pública ou nenhum outro advogado ou se você for advogado criminalista da região de Brasília ou do entorno e puder de forma voluntária adotar o processo de um manifestante; por favor, entre em contato. Tentaremos organizar um mutirão de advogados voluntários para atender as pessoas que estavam de forma pacífica e ordeira se manifestando, direito previsto na Constituição Federal – divulgou Hugo Christiani.

 Major Hugo Christiani

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Distrito Federal (OAB-DF) esteve na Academia da Polícia Federal (PF) e atestou que a corporação liberou idosos com mais de 65 anos, mulheres que têm filhos pequenos e pessoas com comorbidades graves.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Major Hugo Christiani (@majorhugochristiani)

Leia também1 Torres elétricas são derrubadas e governo cria grupo de crise
2 Governo do DF divulga lista com nomes de presos após atos
3 MP de contas pede bloqueio de bens de Bolsonaro e Ibaneis
4 Mourão: Novo governo age de forma desumana e ilegal
5 “Bolsonaro está incomunicável e não articulou nada”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.