Leia também:
X Cláudio Castro pede desculpas por aglomerar no aniversário

MPF pede fim de postagens do governo em favor de Bolsonaro

Procuradores querem que sejam apagadas as publicações que promovam autoridades públicas e opiniões políticas

Thamirys Andrade - 30/03/2021 14h14 | atualizado em 30/03/2021 14h15

Sede do MPF em Curitiba Foto: Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação contra a União na 3ª Vara Cível de Justiça Federal nesta terça-feira (30), pedindo que sejam apagadas as publicações que promovam autoridades públicas e opiniões políticas nas contas institucionais do governo, e que postagens desta natureza sejam proibidas.

O documento foi assinado por seis procuradores, e prevê uma multa diária em caso de descumprimento das medidas. A peça é um desdobramento de um inquérito civil que reuniu uma série de publicações apontadas como de promoção à imagem pessoal do presidente Jair Bolsonaro.

– A ação destaca que a prática é proibida pela Constituição Federal, ao violar princípios como legalidade, impessoalidade, publicidade e isonomia. É que a legislação só permite publicidade governamental quando imbuída de caráter educativo, informativo ou de orientação social. Não é permitida a promoção pessoal de autoridades públicas por meio de promoções em nome do Estado, com o objetivo de evitar confusão entre as atividades de Estado e a vida particular do ocupante de mandato – disse o MPF.

Leia também1 Nova ministra já comemorou vitória de Kamala e elogiou Maia
2 Ministro Marco Aurélio marca aposentadoria para 5 de julho
3 Chefes do Exército, Aeronáutica e Marinha serão substituídos
4 Jair Bolsonaro sobre medidas de isolamento: "Eu não fecho nada"
5 Chineses fazem doação de R$ 1,7 milhão para sindicatos do Brasil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.