Leia também:
X Após passar por audiência de custódia, Ávine Vinny é solto

MPF irá apurar falta de questões LGBTQIA+ no Censo 2022

Inquérito sobre o tema foi aberto pelo Ministério Público Federal no Acre

Henrique Gimenes - 14/12/2021 14h46 | atualizado em 14/12/2021 16h48

MPF abre inquérito para apurar falta de pergunta LGBTQIA+ no Censo 2022 Foto: Pexels/Markus Spiske

O Ministério Público Federal (MPF) no Acre abriu um inquérito para investigar a falta de perguntas de identificação da comunidade LGBTQIA+ no Censo de 2022. A intenção do inquérito é apurar se há irregularidade devido aos questionários não possuírem os campos “identidade de gênero” e “orientação sexual”.

Em novembro deste ano, o MP já havia aberto uma apuração preliminar sobre a questão. Na ocasião, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) chegou a informar, em nota, que a “investigação de gênero é considerada como quesito sensível, ou seja, quesito que pode ser considerado invasivo e pessoal pelo respondente, podendo impactar na coleta de todas as demais informações”.

O IBGE também apontou, no mês passado, que “questões de identificação que exigem o próprio como respondente não são compatíveis com uma operação censitária, a qual tem um morador por domicílio que responde por si e pelos demais moradores, a garantir a qualidade de seus resultados, não havendo como mudar esse aspecto técnico-operacional para o” Censo 2022, além de explicar que o “tema já foi objeto de análise da Justiça, que, em decisão transitada em julgado, proferida em Ação Civil Pública, reconheceu os argumentos técnicos do IBGE”.

Ao portal G1, o procurador Lucas Costa Almeida Dias explicou que a investigação tem por objetivo apurar uma “eventual irregularidade” no Censo 2022 ao não incluir os “campos de identificação da ‘identidade de gênero’ e ‘orientação sexual’ nos questionários básico e amostral”.

Leia também1 Elon Musk quer implantar chips cerebrais em humanos em 2022
2 Petrobras reduz em 3% preço da gasolina para distribuidoras
3 TSE: PF intima Bolsonaro sobre vazamento de ataque hacker
4 Anvisa já cobra o passaporte da vacina em aeroportos do Brasil
5 "Bolsonaro irá vetar projeto que legaliza jogos de azar no Brasil"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.