Leia também:
X Otoni desafia Lula a testar sua popularidade: #LulaVemPraRua

MPF investiga Fernando Haddad por suspeita de improbidade administrativa

Inquérito tem como base a delação premiada do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro

Thamirys Andrade - 29/04/2021 11h19 | atualizado em 29/04/2021 11h57

Ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

O Ministério Público Federal (MPF) abriu um inquérito para investigar Fernando Haddad e aliados por possível improbidade administrativa. As informações são do jornal O Globo.

A ação tem como base a delação premiada do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, que relatou “vantagem indevida consistente no pagamento de uma dívida de campanha do então prefeito Fernando Haddad, no valor de R$ 5 milhões, como contrapartida para a continuidade dos contratos da OAS com a Prefeitura de São Paulo”.

O ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, teria sido o responsável pelo pagamento, com o consentimento do ex-secretário de governo de Haddad, Antônio Donato.

O inquérito correrá na Procuradoria da República em São Paulo.

Leia também1 Kajuru insiste com Kassio Nunes por impeachment de Moraes
2 STF: Gilmar vota para retirar de Bretas ações sobre o Sistema S
3 CPI da Covid define roteiro para ouvir Queiroga e ex-ministros
4 Para Aras, lei de autonomia do Banco Central é inconstitucional
5 Oposição na Câmara apresenta pedido de CPI contra Salles

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.