Leia também:
X Bolsonaro publica foto em que aparece com a filha Laura

MPF denuncia três pessoas por abordagem contra Aras em Paris

Procurador-geral da República foi constrangido por pessoas que cobravam que ele investigasse o MEC

Paulo Moura - 04/12/2022 12h57 | atualizado em 05/12/2022 19h01

Augusto Aras Foto: MPF/SECOM/Leo Bark

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou três pessoas por causa de uma abordagem feita contra o procurador-geral da República, Augusto Aras, em Paris, na França. O fato aconteceu em abril deste ano. A denúncia foi encaminhada para a Justiça Federal de São Paulo, que ainda não recebeu a solicitação.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, as acusações têm como alvo os professores Felipe de Moura Garrido e Mírian Cristina de Moura Garrido, além da defensora pública Laura Joaquim Taveira.

O constrangimento contra Aras foi praticado no dia 18 de abril, em Paris, onde ele passava férias com a família. Um grupo de brasileiros cobrou o procurador-geral da República, pedindo que ele investigasse casos como as acusações de que pastores estariam interferindo no Ministério da Educação.

– Dar rolezinho em Paris é legal, mas e abrir processo? Vamos investigar o bolsolão do MEC, procurador? – dizia um brasileiro enquanto seguia Aras com uma câmera.

Apesar das falas, Aras continuou andando com a família enquanto o homem o questionava sobre alguns dos casos que poderiam estar sendo investigados pela PGR. O procurador não respondeu às cobranças feitas contra ele.

Leia também1 Bolsonaro publica foto em que aparece com a filha Laura
2 Ex-ministra do STJ: 'Judiciário está alheio à realidade brasileira'
3 Presos, Flordelis e Jairinho vão fazer vestibular neste domingo
4 Pelé diz que está forte e seguindo o tratamento contra o câncer
5 Tite confirma volta de Neymar para o jogo contra a Coreia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.