Leia também:
X Esposa conta como matou homem escondido em freezer

Mourão diz que TSE não tem legitimidade para validar pleito

"Acredito que o Tribunal Eleitoral foi parcial nesse jogo", disse ainda o vice-presidente

Pleno.News - 23/11/2022 23h10 | atualizado em 24/11/2022 11h04

Vice-presidente Hamilton Mourão Foto: PR/Romério Cunha

O vice-presidente Hamilton Mourão disse que não são suficientes as garantias do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de que as eleições brasileiras transcorreram normalmente e de que não houve fraudes nas urnas eletrônicas. Ele deu declarações após o encontro com o presidente da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Zacarias da Costa, em Lisboa, Portugal. As informações são do Correio Braziliense.

– Não basta, pura e simplesmente, respostas lacônicas do nosso Tribunal Superior Eleitoral no sentido de contestar eventuais, vamos dizer assim, denúncias ou argumentações sobre o processo [de votação]. Nós teremos que evoluir nisso aí – falou.

E acrescentou:

– Acredito que o Tribunal Eleitoral foi parcial nesse jogo.

Ainda de acordo com Mourão, é preciso dar mais transparência ao processo eleitoral.

– Há, no Brasil, uma parcela da nossa sociedade que considera que o processo [eleitoral] tem problemas. E eu, de minha parte, vejo que precisamos ter que dar mais transparência nesse processo – disse.

Leia também1 Festa de Toffoli reúne Moraes, Kassio e aliados de Bolsonaro
2 Câmara: Comissão aprova a convocação de Augusto Heleno
3 Moraes rejeita ação sobre urnas e multa PL em R$ 22 milhões
4 Deputados do PL estão dispostos a apoiarem novas eleições
5 Relator: PEC da Transição é adiada por falta de consenso

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.