Leia também:
X Alessandro Vieira diz que não será candidato a presidente

Mourão: Presidente da Petrobras é “resiliente e aguenta a pressão”

Vice-presidente não espera um pedido de demissão por parte do dirigente da Petrobras

Thamirys Andrade - 14/03/2022 11h57 | atualizado em 14/03/2022 12h04

Vice-presidente Hamilton Mourão Foto: VPR/Bruno Batista

Nesta segunda-feira (14), o vice-presidente Hamilton Mourão indicou não esperar um pedido de demissão por parte do dirigente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, em meio à alta de preços nos combustíveis. Na avaliação do general, o presidente da estatal é “resiliente” e “aguenta a pressão”.

– Pedir o boné por causa de pressão? O general Silva e Luna é resiliente, sempre foi. Como bom nordestino aguenta pressão – opinou, durante conversa com jornalistas na entrada do Planalto.

Silva e Luna está no cargo de chefia da petrolífera desde abril de 2021, quando substituiu Roberto Castello Branco. O antigo dirigente da Petrobras foi exonerado pelo presidente Jair Bolsonaro após aumentos sucessivos.

Mourão também declarou que o governo está atuando com o Congresso a fim de tentar amenizar os efeitos da crise global. Contudo, o general considerou a intervenção nos valores como uma alternativa a ser descartada.

– Intervenção no preço é algo que a gente sabe como começa e o término sempre vira uma bagunça. O governo está buscando solução junto com o Congresso, seja a mudança do cálculo do ICMS, a questão de fundo para estabilização e a redução do PIS/Cofins a zero – frisou.

Para Mourão, os valores dos combustíveis se normalizarão após o fim do conflito entre a Rússia e a Ucrânia.

Leia também1 Bolsonaro: 'A gasolina mais barata do mundo é a nossa'
2 Mourão nega apoiar Lula e diz: 'Governo do PT foi catastrófico'
3 Rússia nega ter pedido ajuda à China para invadir a Ucrânia
4 Ex-presidente FHC passa por cirurgia após ser internado
5 Rússia e Ucrânia vão retomar conversas nesta segunda-feira

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.