Leia também:
X Defesa diz que Ribeiro não tinha poder para favorecer pessoas

Mourão: “Em ano eleitoral, CPI do MEC não deve progredir”

Vice-presidente acredita que não haverá tempo hábil para conciliar CPI com eleições de outubro

Gabriel Mansur - 27/06/2022 15h48

Vice-presidente Hamilton Mourão Foto: VPR/Romério Cunha

O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) acredita que a comissão parlamentar de inquérito (CPI) no Senado Federal para investigar o suposto caso de corrupção no Ministério da Educação (MEC) não deve prosperar.

Mourão avalia que as eleições de outubro podem afetar o funcionamento da CPI. A declaração foi dada nesta segunda-feira (27).

– Acho complicado, porque está todo mundo pensando em eleição. Mais três meses teremos essa eleição. Então, eu acho que falta tempo para isso aí (CPI) progredir. Acho também que não vai para frente – pontuou.

A afirmação, porém, vai de encontro com o processo no Senado. Na última quinta-feira (23), por exemplo, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição, obteve o número mínimo de assinaturas necessárias para abrir o inquérito.

TROCA NA VICE-PRESIDÊNCIA
O atual vice da República também comentou a escolha do ex-ministro Walter Braga Neto para sucedê-lo na chapa de Jair Bolsonaro (PL) à reeleição. O republicano disse que o presidente já possui uma base estabelecida entre os militares.

– Eu acho que dentro do grupo militar o presidente já tem a base dele bem estabelecida, né? Acho que o Braga Netto é mais, vamos dizer assim, uma questão de que o presidente gosta do trabalho dele – pontuou, ao completar dizendo que não se sente chateado.

– Não me sinto chateado. O presidente tem o livre-arbítrio de escolher quem ele acha mais apropriado para esse projeto de reeleição dele. E o Braga Netto vai agregar naquilo que ele acha que necessita – completou.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.