CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Covid-19: Em hospital, âncora do JN mostra otimismo

Mourão diz que Bolsonaro se preocupa com a economia

Vice falou que o presidente pode ter se "expressado de uma forma que não foi a melhor" sobre o combate ao coronavírus

Henrique Gimenes - 25/03/2020 20h00

Vice-presidente Hamilton Mourão Foto: Romério Cunha/VPR

Nesta quarta-feira (25), o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que a política do governo para o combate ao novo coronavírus é “uma só, o isolamento e o distanciamento social”. Para ele, o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro sobre o assunto mostram a preocupação com a questão econômica.

A declaração foi dada durante uma videoconferência para falar das ações tomadas pelo Conselho Nacional da Amazônia Legal.

Ao ser entrevistado, Mourão foi questionado sobre o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro desta terça-feira (24) em que pediu o fim do “confinamento em massa” e criticou algumas medidas tomadas pelos governadores.

Para o vice-presidente, Bolsonaro se expressou “de uma forma que não foi a melhor” e que ele está preocupado com a questão econômica.

– A posição do governo por enquanto é uma só, a posição do governo é o isolamento e o distanciamento social. Está sendo discutido e ontem o presidente buscou colocar, pode ser que tenha se expressado de uma forma que não foi a melhor, mas o que ele buscou colocar é a preocupação que todos nós temos com a segunda onda. Temos a primeira onda, que é a saúde, e a segunda que é a questão econômica – apontou.

Sobre a discussão entre o presidente e os governadores, Mourão afirmou que isso faz parte da política.

– A questão entre governadores e o presidente da República faz parte da política e ela muitas vezes nos coloca em pólos opostos. Existe um ambiente de cooperação entre governos estaduais e federais, porque temos que estar unidos para vencer essa epidemia com menor dano possível à população – destacou.

Leia também1 Heleno volta a despachar no Palácio do Planalto após 7 dias
2 Mandetta defende quarentena mas quer sensatez dos estados
3 Bolsonaro diz que Doria "não é exemplo para ninguém"

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo