CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Quem ficar desempregado até 3 de julho pode pedir o auxílio

Mourão: “Baderneiros são caso de polícia, não de política”

Vice-presidente criticou manifestações antidemocráticas que vêm ocorrendo no país

Rafael Ramos - 03/06/2020 12h50 | atualizado em 03/06/2020 12h56

Mourão criticou atos violentos contra o governo Foto: PR/Alan Santos

Em um artigo publicado, nesta quarta-feira (3), no jornal O Estado de S. Paulo, o vice-presidente Hamilton Mourão classificou como abuso chamar as manifestações contrárias ao governo que aconteceram no domingo (31). Segundo o general, tais manifestantes feriram pessoas e depredaram patrimônio público e privado.

– Imagens mostram o que delinquentes fizeram em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Registros da internet deixam claro quão umbilicalmente ligados estão ao extremismo internacional. É um abuso esquecer quem são eles, bem como apresentá-los como contraparte dos apoiadores do governo na tentativa de transformá-los em manifestantes legítimos. Baderneiros são caso de polícia, não de política.

View this post on Instagram

Em Curitiba, Paraná, a noite desta segunda-feira foi marcada por um protesto contra o racismo, que contou com a presença da Antifa. No Palácio Iguaçu, sede do governo do Paraná, a bandeira do Brasil foi queimada e muros foram pichados. Saiba mais em nosso site (link na bio @plenonews) e nos stories. #PlenoNews #Curitiba

A post shared by Pleno.News (@plenonews) on

Mourão disse que as cenas vistas nos últimos dias “não podem ser entendidas como manifestações em defesa da democracia”. O vice-presidente afirmou que essas manifestações foram incentivadas pelos atos nos Estados Unidos contra a morte de George Floyd. Entretanto, no Brasil, o movimento ganhou caráter anti-governista.

– É forçar demais a mão associar mais um episódio de violência e racismo nos Estados Unidos à realidade brasileira. As Forças Armadas, por mais malabarismo retórico que se tente, estão desvinculadas da política partidária, cumprindo rigorosamente seu papel constitucional.

Leia também1 Jair Bolsonaro quer estender auxílio por mais três meses
2 Deputado entra com PL para incluir Antifa como terrorista
3 Filho de petista, que faria live contra Bolsonaro, é preso
4 Donald Trump lamenta morte de policial negro durante atos
5 Em Curitiba, manifestantes queimam bandeira do Brasil

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo