Leia também:
X Araçatuba: Morador tem os pés amputados por explosivo deixado por assaltantes

Mourão avalia que manifestação do dia 7 não vai buscar ruptura

Vice-presidente disse acreditar que atos do dia 7 vão ser "mais uma manifestação de apoio"

Paulo Moura - 30/08/2021 13h47 | atualizado em 30/08/2021 13h57

Vice-presidente Hamilton Mourão Foto: VPR/Romério Cunha

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou, nesta segunda-feira (30), que acredita que as manifestações que vão ocorrer no próximo dia 7 de setembro em apoio ao presidente Jair Bolsonaro não vão buscar uma ruptura institucional. Para Mourão, os atos do próximo feriado da Independência representarão “mais uma manifestação de apoio” ao governo.

– Você pode até discordar de algumas bandeiras que são ali colocadas, [mas] todas [as manifestações realizadas anteriormente] foram pacíficas. Por isso que eu disse que o que vai acontecer no dia 7 de setembro, independentemente da quantidade de gente que for às ruas, será mais uma manifestação de apoio, e não buscando uma ruptura institucional – afirmou.

Na última semana, Mourão já havia descartado a possibilidade de convulsão social no país por ocasião dos atos pró-governo, ao dizer que possíveis conflitos eram “fogo de palha”.

Os atos nas capitais estão sendo organizados por apoiadores do governo federal, com incentivo de Bolsonaro, que deve participar dos atos em Brasília e em São Paulo.

Nos últimos dias, o próprio presidente da República tem dito que qualquer ato de violência ou desordem que possa ocorrer nas manifestações do dia 7 de setembro será coisa de “algum infiltrado”, pois seus apoiadores são pacíficos.

Leia também1 Alessandro Vieira se lança como pré-candidato a presidente
2 Confira os 10 brasileiros mais ricos em 2021, segundo a Forbes
3 Logo após cirurgia, idosa diz que quer estar "pronta para o dia 7"
4 PMs da ativa em SP estão na 'mira' da corregedoria no dia 7
5 Prefeitos seguem governadores e divulgam carta de 'democracia'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.