Leia também:
X Presidente do Republicanos, de Tarcísio, sinaliza apoio a Datena

Moro vira réu em ação do PT que alega prejuízos na Petrobras

Petistas acusam o ex-juiz de ter praticado "condutas atentatórias ao patrimônio público" com sua atuação na Lava Jato

Paulo Moura - 24/05/2022 10h41 | atualizado em 24/05/2022 12h11

Ex-ministro Sergio Moro Foto: Reprodução/GloboNews

O ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) virou réu, nesta segunda-feira (23), em uma ação popular ajuizada por deputados do PT na Justiça Federal do Distrito Federal. Na ação, que foi protocolada no fim de abril, os petistas pedem a condenação de Moro a ressarcir os cofres públicos por supostos prejuízos causados à Petrobras com a atuação do ex-juiz na Operação Lava Jato.

Assinada pelos deputados Rui Falcão (SP), Erika Kokay (DF), Natalia Bonavides (RN), José Guimarães (CE) e Paulo Pimenta (RS), a ação aponta que, durante sua atuação na Lava Jato, Moro teria praticado “condutas atentatórias ao patrimônio público e à moralidade administrativa, as quais tiveram severos impactos na economia do país e em sua estabilidade democrática e institucional”.

Os parlamentar alegam ainda que “os desvios de finalidade, os excessos e abusos” supostamente cometidos ao longo da operação teriam criado “um cenário de desarranjo econômico de altíssimo custo social em nosso país”. O despacho que tornou Moro réu na ação popular foi determinado pelo juiz Charles Renaud Frazão de Morais.

Ao comentar o caso, Moro afirmou que a ação popular proposta pelos deputados do PT é “risível” e disse que a decisão do juiz que o citou “não envolve qualquer juízo de valor sobre a ação”.

– Todo mundo sabe que o que prejudica a economia é a corrupção e não o combate a ela. A inversão de valores é completa: Em 2022, o PT quer, como disse Geraldo Alckmin, não só voltar a cena do crime, mas também culpar aqueles que se opuseram aos esquemas de corrupção da era petista – declarou.

Leia também1 Presidente do Republicanos, de Tarcísio, sinaliza apoio a Datena
2 Narrador pede desculpas após declaração sobre flamenguistas
3 Eleição: Doria vira oitavo nome da terceira via a deixar disputa
4 Operação no RJ deixa 25 mortos; PM diz que 15 são criminosos
5 STM decide manter prisão de major que elogiou Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.