Leia também:
X Damares critica feminista pró-aborto: ‘Eu defendo a vida’

Moro quer votação da prisão em 2ª instância ainda em 2019

Ministro falou da importância que é a população vigiar o Legislativo

Pedro Ramos - 03/12/2019 10h34 | atualizado em 03/12/2019 11h19

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Nesta segunda-feira (2), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que é contra deixar para o próximo ano a discussão sobre a prisão em 2ª instância.

Moro acredita que não é necessário que uma PEC seja aprovada, mas sim um projeto de lei que faça a mudança através de alteração do Código Penal.

– Eu gostaria de ver isso aprovado o quanto antes. Se for possível aprovar por um projeto de lei nesse ano, no Senado ou na Câmara, um tanto melhor. Por que a gente tem de esperar o ano que vem. Mas, se a decisão do Congresso for fazer por uma emenda constitucional, que tenha alguns prazos maiores, aí é uma decisão do Congresso. O importante é a sociedade, nós ficarmos vigilantes em relação a essa situação, para que possamos ver isso realizado – disse o ministro.

Leia também1 Eduardo Bolsonaro vence ação sobre resposta contra Época
2 Cunha alega aneurisma e solicita prisão domiciliar
3 Bolsonaro: "Lula está trazendo intolerância para o Brasil"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.