Leia também:
X Idosa de 67 anos morre durante procedimento em dentista de BH

Moro garante que “não será um anjo vingador contra políticos”

Presidenciável falou sobre cenário, caso seja eleito em 2022

Monique Mello - 28/12/2021 11h52 | atualizado em 28/12/2021 12h21

sergio moro filiação brasilia
Sergio Moro em evento que oficializou sua filiação ao Podemos Foto: Reprodução/Youtube

O ex-juiz e pré-candidato do Podemos à Presidência Sergio Moro reivindica que não será um “anjo vingador” contra os políticos. Em conversa com empresários do grupo Personalidades em Foco, nesta segunda-feira (27), Moro também respondeu a questionamentos sobre o Supremo Tribunal Eleitoral (STF).

O ex-ministro do governo Jair Bolsonaro (PL) defendeu que “o movimento de anulação de condenações gera descrédito” e é “ruim para as instituições”.

– Compartilho dessa crítica, com a ressalva de que sou institucional. O remédio para isso são mudanças e reformas que melhorem nossas instituições. O mero ataque e o desrespeito não é algo que constrói. É preciso pensar em reformas institucionais no STF. Transformá-lo num tribunal constitucional e pensar em mandato para os ministros.

Ainda sobre o Supremo, o presidenciável disse haver “uma excessiva verticalização”.

– Há hoje uma excessiva verticalização. Tudo pode chegar ao Supremo. Precisa resolver as coisas em primeira e segunda engendrada – apontou.

Moro disse apostar na articulação política feita ainda na pré-campanha como caminho para aprovar reformas e medidas imediatas: fim da reeleição e do foro privilegiado logo no início de um eventual mandato.

– A dificuldade é fazer a demanda por reformas essenciais os interesses setoriais e corporativos – completou.

Leia também1 TCU determina que consultoria informe quanto pagou a Moro
2 Pesquisa: Bolsonaro e Lula estão tecnicamente empatados em SP
3 Janaina apoiará Bolsonaro ou Moro no 2º turno: 'Quem passar'
4 Ciro Gomes rebate Sergio Moro: 'Bandidão, corrupto e mentiroso'
5 Moro elogia 'Mamãe Falei' e diz: “Estaremos juntos pelo Brasil"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.