Leia também:
X Vice-presidente da Câmara anuncia saída do Partido Liberal

Moro “fica triste” com prescrição em processo contra Lula

MPF pediu o arquivamento do processo do tríplex contra o ex-presidente

Henrique Gimenes - 07/12/2021 21h39 | atualizado em 08/12/2021 09h57

Ex-ministro da Justiça Sergio Moro Foto: Estadão Conteúdo/Ernesto Rodrigues

Nesta terça-feira (7), o ex-juiz Sergio Moro lamentou a decisão do Ministério Público Federal (MPF) de defender o arquivamento das investigações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva referentes ao tríplex do Guarujá, em São Paulo. A medida ocorreu porque o órgão considerou que o processo irá prescrever até um novo julgamento sobre o caso.

O parecer foi feito em petição de 17 páginas, onde o MPF afirma que, com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de anular o processo anterior, não há pressuposto para o oferecimento ou ratificação da denúncia.

Ao comentar a decisão, o ex-ministro da Justiça disse ter ficado triste. Sergio Moro é quem havia condenado Lula no processo.

– Essa decisão de hoje me entristece, porque a gente vê um sistema de Justiça que não decide mérito – destacou.

O MPF destacou a idade do petista, que tem 76 anos, e ressaltou que o fato faz com que o tempo de prescrição seja reduzido pela metade. Aliado a isso, o período que levaria o ex-presidente a ser condenado novamente, dado o reinício de todo o processo, faria com que a pena não pudesse mais ser aplicada.

Leia também1 Defesa de Lula cobra R$ 815 mil da OAS pelo 'tríplex do Guarujá'
2 Coppolla critica a esquerda após ataques a evangélicos por André Mendonça no STF
3 PT quer que o STF determine regras para delações premiadas
4 Haddad se revolta com mudança de Bolsonaro no Prouni: "Nojo!"
5 “Fiquei feliz", diz Alckmin sobre possibilidade de chapa com Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.