Leia também:
X Bolsonaro recebe, pelas mãos de Lira, medalha Mérito Legislativo

Moro faz ‘malabarismo’ em resposta e irrita William Waack

O ex-juiz chegou a ser comparado à ex-presidente Dilma Rousseff

Monique Mello - 24/11/2021 12h34 | atualizado em 24/11/2021 13h10

Waack ficou visivelmente sem paciência com resposta de Moro Foto: Reprodução/ CNN

Em entrevista ao âncora William Waack, no Jornal da CNN nesta terça-feira (23), o ex-ministro da Justiça Sergio Moro fez divagações na resposta a uma determinada pergunta, intrigando até mesmo o entrevistador.

Ao ser questionado sobre o combate aos privilégios do Judiciário, Sergio Moro usou de evasivas, generalizou e falou sobre o funcionalismo público em tom de corporativismo.

– Dentro do governo, eu era favorável a uma reforma administrativa. Nós precisamos ter uma reforma administrativa que valorize o servidor. Nós precisamos, claro, diminuir custos desnecessários, mas não podemos tratar o servidor publico como vilão. O que precisamos, de fato, estabelecer é uma meritocracia dentro do serviço público. Um serviço público que pode ser reduzido, mas altamente profissional […] O servidor que trabalha enormemente é tratado da mesma forma que o servidor que se acomoda… – disse Moro.

No vídeo, é possível observar as expressões de perplexidade de William Waack com a falta de objetividade do ex-juiz.

– Eu não sei se quem nos assiste entendeu se, afinal de contas, o senhor lutaria contra determinados privilégios no funcionalismo público, mas deixo a seu critério se quiser prosseguir nessa linha – disse Waack.

– Minha vida, Waack, foi sempre lutando contra privilégios – respondeu Moro, citando a Operação Lava Jato.

Internautas fizeram comparações com a ex-presidente Dilma Rousseff e suas declarações rocambolescas e sem sentido, como a célebre frase: “Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder”.

Leia também1 Após filiar Moro, Podemos quer Rosangela como candidata
2 Bolsonaro desafia Moro: "Quero ver ele em um carro de som"
3 Moro: Não me arrependo de ter participado do governo Bolsonaro
4 Empresa que realizou pesquisa "pró-Moro" foi aberta há 5 dias
5 Por novo tom de voz, Sergio Moro conta com fonoaudióloga

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.