Leia também:
X Haddad diz que Sergio Moro “se comportou como um moleque”

Moro: ‘É preciso pegar o melhor da direita, esquerda e do centro’

Pré-candidato descartou campanha ideológica

Monique Mello - 17/12/2021 17h52 | atualizado em 17/12/2021 19h54

Sergio Moro é pré-candidato à Presidência da República Foto: EFE / Joédson Alves

O ex-juiz Sergio Moro, agora pré-candidato à Presidência pelo Podemos, descartou campanha ideológica e disse que é preciso “pegar o melhor” de cada lado do espectro político.

– Temos que pegar o melhor da direita, o melhor da esquerda e o melhor do centro e fazer política pensando nas pessoas – afirmou em entrevista à Rádio 98 FM Natal, nesta quinta-feira (16).

O ex-ministro defendeu também que um governo deve ter “políticas públicas que melhorem a vida das pessoas”.

– Educação de qualidade é bandeira de esquerda ou de direita? O pai, quando manda o filho para a escola, ele quer saber se é de direita ou de esquerda? Quer saber se é de qualidade. A pessoa vai para o hospital, ela quer saber o que pensa o diretor? – questionou.

No entanto, Moro se assumiu conservador.

– Sou casado há 22 anos, tenho dois filhos, sou uma pessoa de família. Mas todo mundo merece respeito, e o Estado não tem que ficar dizendo às pessoas como elas devem ser na vida privada […] Minha pauta é transformar a vida das pessoas – declarou o pré-candidato.

Leia também1 Haddad diz que Sergio Moro "se comportou como um moleque"
2 Marqueteiro de Moro recebe R$ 132 mil por mês, diz jornal
3 Moro: 'Lula criou teoria, dizendo que EUA criaram a Lava Jato'
4 Pesquisa Datafolha mostra Lula 'liderando' entre evangélicos
5 Hang elogia Moro por rebater "mentiras" ditas por Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.