CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Mães se unem à Antonia nas redes: #MãesContraFelipeNeto

Moro diz que nunca acusou Glenn de ter cometido crime

Ex-ministro afirmou que "só disse que tinha sido vítima de ataque hacker e criminoso"

Paulo Moura - 09/07/2020 13h22

Ministro Sergio Moro Foto: Reprodução

O ex-ministro Sergio Moro afirmou, durante depoimento na ação que investiga os hackers que invadiram celulares de autoridades, que nunca declarou que Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil, havia cometido crime.

Perguntado sobre o material interceptado pelos invasores, Moro respondeu que a abordagem dada pelos jornalistas era sensacionalista, pois a autenticidade do conteúdo vazado não podia ser comprovada.

– Só disse que tinha sido vítima de ataque hacker e criminoso. E entendi que era reprovável moralmente a publicação daquelas mensagens, principalmente porque, com todo o respeito aos jornalistas, se fazia um sensacionalismo, não se mostrava a autenticidade e se buscava distorcer o conteúdo daquelas supostas mensagens. Mas não me posicionei publicamente e nunca disse que o jornalista tinha cometido um crime específico ali naquela questão – declarou.

Glenn até chegou a ser acusado de associação criminosa por, segundo o Ministério Público Federal, ter incentivado e orientado o grupo. A denúncia, porém, foi rejeitada pelo juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara de Justiça Federal de Brasília, seguindo a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

Leia também1 Autoridades mandam desejos de melhora para Bolsonaro
2 Nasce Zyan, 3º filho de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank
3 Cantor fala da recuperação um ano após ser baleado
4 Cidades próximas de Fortaleza relatam tremor de terra
5 Idoso de 110 anos vence a Covid-19 sem precisar de UTI

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo