Leia também:
X “O abusador tem que ser preso e punido”, diz Damares Alves

Moro diz que Folha distorceu informações sobre palestra

Ministro afirma que registro de evento não foi feito por que sistema não existia

Paulo Moura - 04/08/2019 15h57 | atualizado em 04/08/2019 16h05

Ministro Sergio Moro rebate Folha de São Paulo Foto: Pedro França/Agência Senado

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, publicou neste domingo (4), em sua conta no Twitter, duas mensagens em que ele desmente uma reportagem do jornal Folha de São Paulo. O conteúdo da Folha tratou sobre uma palestra de 2016 feita pelo, até então, juiz Moro, e que não foi publicada no cadastro eletrônico do TRF-4, o que caracterizaria ilegalidade.

Moro escreveu que a palestra em questão foi feita na cidade de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. Porém, segundo ele, o registro não foi feito por que o cadastro nem sequer existia, ele foi criado apenas em 2017. O ministro disse ainda, que a pedido dele e da contratante do evento, solicitou uma doação de 10 mil reais a entidade beneficente Pequeno Cotolengo, que se dedica a cuidar de crianças com deficiência no Paraná.

Sergio Moro finalizou a publicação criticando o jornal que, de acordo com ele, viu o cadastro como algo mais importante do que a caridade feita.

Essa é a segunda vez, em menos de uma semana, que Moro desmente afirmações feitas pela Folha. Na última terça (30), o ministro rebateu uma reportagem que afirmou que ele teria acesso a dados sigilosos da Operação Spoofing, que investiga a invasão a celulares de diversas autoridades.

Leia também1 Bolsonaro desmente O Globo sobre casos de nepotismo
2 Bolsonaro defende motivos de saída do ex-presidente do Inpe
3 Câmara volta aos trabalhos com votação da Previdência

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.