Leia também:
X Lula dispensa receber faixa de Bolsonaro, caso “seja eleito”

Moraes prorroga ação contra Bolsonaro por intervenção na PF

Prazo para encerramento do inquérito foi estendido por mais 90 dias

Pierre Borges - 20/07/2021 18h45

Ministro Alexandre de Moraes, do STF Foto: STF/Nelson Júnior

Nesta terça-feira (20), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou por 90 dias o inquérito que investiga suposta intervenção do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. De acordo com Moraes, a decisão considera “a necessidade de prosseguimento das investigações, nos termos previstos no art. 10 do Código de Processo Penal”.

O inquérito foi instaurado no ano passado pelo Supremo, após acusações do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro e um pedido oficial da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Quando decidiu romper com o governo, o ex-juiz afirmou que a intenção de Bolsonaro ao cobrar a troca do chefe da PF do Rio de Janeiro e exonerar o diretor-geral da corporação, seria proteger aliados que estavam sendo investigados. O diretor exonerado, Maurício Valeixo, foi indicado pelo próprio Moro.

Sem a intervenção de Moraes, o prazo para a conclusão das investigações encerraria no dia 27 de julho. Em setembro, o STF retomará o julgamento do caso e definirá se Bolsonaro deverá depor presencialmente ou por escrito.

Leia também1 Lula dispensa receber faixa de Bolsonaro, caso "seja eleito"
2 Eduardo B. recupera perfil no Facebook e diz que mídia mentiu
3 Randolfe abre queixa contra Bolsonaro por 'difamação'
4 Lula exalta CPI e diz que será 'impeachment ou interdição'
5 Jair Bolsonaro recomenda a recondução de Aras para a PGR

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.