Leia também:
X Ana Paula Henkel: “A ruptura institucional já aconteceu”

Moraes nega inclusão de Barroso no inquérito das fake news

Ministro rejeitou pedido de Eduardo Bolsonaro

Monique Mello - 27/08/2021 12h13 | atualizado em 27/08/2021 12h36

Ministros do STF Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes Foto: SCO-STF/Felipe Sampaio

Em decisão de quarta-feira (25), divulgada na quinta-feira (26), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, arquivou um pedido para investigar o ministro Luís Roberto Barroso.

O pedido, feito pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), era para que Barroso, que é presidente do TSE, fosse incluído no inquérito das fake news, cujo relator é Alexandre de Moraes. A alegação de Eduardo para fazer o pedido é a de que Barroso mentiu ao afirmar que as urnas eletrônicas são seguras. O parlamentar citou a live em que o presidente Jair Bolsonaro expôs que as urnas são passíveis de fraude e de invasão de hackers.

Moraes considerou o pedido injustificado, sem provas de que houve crime por parte de seu colega de Corte.

– O noticiante não trouxe aos autos indícios mínimos da ocorrência de ilícito criminal, não existindo, portanto, na presente petição, nenhum indício real de fato típico praticado por qualquer requerido ou qualquer indicação dos meios [de] que o mesmo teria empregado em relação às condutas objeto de investigação, ou ainda, o malefício que produziu, os motivos que determinaram, o lugar onde praticou, o tempo ou qualquer outra informação relevante – afirmou Moraes.

– Flagrante a ausência de justa causa. A consequência é o indeferimento do pedido com imediato arquivamento da representação – completou.

 

Leia também1 Revista Crusoé ataca Bolsonaro e o chama de "Capitão Factoide"
2 STF fala em pacto com Bolsonaro para retomar diálogo, diz CNN
3 Ana Paula Henkel: "A ruptura institucional já aconteceu"
4 "Decisão patriótica", diz Renan sobre rejeição do impeachment de Moraes
5 Alexandre de Moraes diz que STF entrou no modo “bateu, levou”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.