Leia também:
X PGE pede multa a Bolsonaro por declarações para embaixadores

Moraes entrega convite de posse do TSE a Bolsonaro, no Planalto

Alvo de críticas do presidente, ministro assume comando do Tribunal em 16 de agosto

Gabriel Mansur - 10/08/2022 21h12 | atualizado em 11/08/2022 11h27

Presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro Alexandre de Moraes, do STF, em foto de 2021 Foto: PR/Marcos Corrêa

Os ministros Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski, futuros presidente e vice do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), respectivamente, entregaram em mãos, nesta quarta-feira (10), um convite oficial ao presidente da República, Jair Bolsonaro, para a posse dos dois ministros, agendada para o dia 16 de agosto.

Os dois magistrados entraram e saíram pela garagem do Palácio do Planalto, sem falar com a imprensa presente no local. Chegaram por volta das 18h45 e deixaram o Planalto cerca de uma hora depois.

Na cerimônia, está previsto discurso de Moraes, que deve criticar os questionamentos feitos pelo candidato à reeleição contra o sistema eleitoral brasileiro e as urnas eletrônicas. Bolsonaro, inclusive, é investigado em inquérito no Supremo Tribunal Federal por essa prática.

Desde o ano passado, Bolsonaro tem feito críticas públicas a Alexandre de Moraes, relator de inquéritos no STF e ações no TSE que envolvem o presidente. Na última terça-feira (2), por exemplo, em entrevista à Rádio Guaíba, o mandatário afirmou que Moraes quer incriminá-lo.

– Inquéritos do Alexandre de Moraes são completamente ilegais, imorais. É uma perseguição implacável por parte dele, a gente sabe o lado dele – afirmou o presidente.

Lewandowski também costuma ser criticado por Bolsonaro, por decisões judiciais tomadas em sentido oposto aos interesses do governo.

Leia também1 PGE pede multa a Bolsonaro por declarações para embaixadores
2 TSE aprova contas de Ciro em 2018, mas cobra devolução de R$ 348 mil
3 Governistas indagaram hacker sobre segurança das urnas
4 Rosa Weber é eleita presidente do Supremo Tribunal Federal
5 Barroso diz a Moraes não querer conciliação com Magno Malta

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.