Leia também:
X Câmara de Guarulhos suspende servidores que não se vacinaram

Moraes dá 24h para presídio esclarecer estado de Jefferson

Presidente do PTB está internado no hospital do Complexo Penitenciário do Gericinó, no RJ

Thamirys Andrade - 25/10/2021 14h28 | atualizado em 25/10/2021 15h35

Ministro Alexandre de Moraes Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou prazo de 24 horas para que o diretor do presídio em que se encontra Roberto Jefferson esclareça sobre o estado de saúde do ex-deputado.

– Oficie-se ao diretor da unidade prisional onde se encontra custodiado o requerente para que adote, imediatamente, as providências necessárias para que o hospital penitenciário ateste o estado de saúde de Roberto Jefferson, com remessa de todas as informações pertinentes diretamente a esta Corte, no prazo máximo de 24 horas – escreveu Moraes.

A decisão é uma resposta à nova ação protocolada pela defesa do presidente do PTB, que pede a transferência de Jefferson para um hospital particular na Barra da Tijuca, afirmando que ele enfrenta “grave risco” de vida.

Roberto Jefferson está internado no hospital do Complexo Penitenciário de Gericinó, presídio também conhecido como Bangu 8, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O ex-deputado tem pielonefrite aguda, infecção nos dois rins e já enfrentou quatro tipos de câncer. Ele voltou a ser hospitalizado após apresentar febre alta, acúmulo de líquido nas pernas, pressão baixa e dor no fígado.

O presidente do PTB está preso desde o dia 13 de agosto, por ordem do ministro Alexandre de Moraes, em inquérito que investiga suposta milícia digital que atuaria contra a democracia.

Leia também1 CPI irá ao STF contra Bolsonaro e quer bani-lo das redes sociais
2 Prefeito de partido de oposição elogia governo federal por condução da pandemia
3 'Não dará em nada', diz Mourão sobre julgamento de chapa
4 Anderson Torres vai pedir a extradição de Allan dos Santos
5 "A paciência do povo se esgotou", diz Bolsonaro sobre combustível

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.