Leia também:
X Moraes vota e diz para eleitores voltarem para casa após o voto

Moraes censura matérias e posts sobre Marcola, do PCC, e Lula

Ministro determinou remoção dos conteúdos e estipulou multa

Pleno.News - 02/10/2022 12h15 | atualizado em 02/10/2022 14h24

Ministro Alexandre de Moraes Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, mandou que sejam removidas reportagens e publicações que afirmam que o líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcola, votará no presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Para o magistrado, trata-se de conteúdo “inverídico e descontextualizado”, pois, mesmo que Marcola tenha dito que que Lula era “melhor” que Bolsonaro em interceptação da Polícia Federal (PF), ele não chegou a declarar voto explícito no petista.

O magistrado estipulou multa de R$ 100 mil em caso de descumprimento, e R$ 15 mil para novos compartilhamentos.

– Os diálogos transcritos, além de se relacionarem a condições carcerárias, apresentam apenas conotação política, pois retratam suposta discussão de Marcola e outros interlocutores a respeito de Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Messias Bolsonaro. Embora o teor dos diálogos revele uma discussão comparativa entre os candidatos, não existe declaração de voto, fato constante no próprio título da notícia – assinalou Moraes.

No diálogo reproduzido pelas reportagens interceptado em maio do ano passado, Marcola afirma que Lula “é melhor [que Bolsonaro], mesmo sendo pilantra”.

– Lula também é sem futuro, só que entre os dois, não dá nem para comparar um com o outro – completou Marcola.

Os alvos da decisão de Moraes que terão de remover o conteúdo são portais como O Antagonista, Jornal da Cidade On-Line, Terra Brasil Notícias e a rádio Panamericana S.A.

Além dos veículos de mídia, também estão inclusos influenciadores e políticos, como o presidente Jair Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro, os deputados federais Eduardo Bolsonaro, Bia Kicis e Carla Zambelli, a influenciadora Barbara, do Te Atualizei, o comentarista Adrilles Jorge, entre outros.

Leia também1 Marido de candidata ao governo de PE morre após mal súbito
2 Com a camisa do Brasil, Jair Bolsonaro vota no Rio de Janeiro
3 Lula vota em São Bernardo do Campo, seu berço eleitoral
4 Em vídeo, Trump apoia reeleição de Bolsonaro: "Líder fantástico"
5 Em rede nacional, Moraes reafirma segurança das urnas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.