Leia também:
X Cão ajuda a localizar 350 kg de cocaína que iriam para a Europa

Moraes aceita pedido da CPI para compartilhar dados de inquérito

A decisão aconteceu em meio a uma reunião entre o ministro e integrantes do colegiado

Paulo Moura - 25/08/2021 09h05 | atualizado em 25/08/2021 09h20

Ministro Alexandre de Moraes, do STF Foto: STF/Rosinei Coutinho

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou um pedido feito por senadores integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia para compartilhar informações do chamado inquérito das fake news com o colegiado. A decisão ocorreu em meio a um encontro entre Moraes e integrantes da comissão na terça-feira (24).

Após a reunião, o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), afirmou a jornalistas que a investigação se relaciona com os objetivos dos parlamentares e que “tudo aquilo que se tratar de fake news” é de “responsabilidade da comissão”.

– Tudo aquilo que se tratar de fake news em relação à propagação de medicamentos que não foram comprovados cientificamente e contribuíram com a morte de brasileiros e brasileiras é de responsabilidade da comissão – anunciou Aziz.

O encontro de terça aconteceu no próprio gabinete de Moraes, no Supremo. De acordo com os senadores, a visita teve um tom de cortesia e apoio ao ministro. Segundo Aziz, o inquérito irá ajudar a comissão, pois, segundo ele, já haveria uma investigação mais aprofundada sobre as fake news.

Leia também1 Cão ajuda a localizar 350 kg de cocaína que iriam para a Europa
2 "Lei do Mandante" é aprovada no Senado e segue para sanção
3 Filho de Sérgio Reis diz que novo álbum do artista está cancelado
4 Morre o músico Túlio Régis, um dos fundadores do Oficina G3
5 Bolsonaro lamenta crises: 'Só Deus explica a gente estar de pé'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.