Leia também:
X Ratinho diz que Tebet “entrou para a quadrilha também”

Monark critica censura do PT ao Brasil Paralelo: “Ditadura”

O TSE determinou a remoção dos vídeos que mostraram a corrupção no governo de Lula

Leiliane Lopes - 14/10/2022 14h44 | atualizado em 14/10/2022 16h05

Monark é youtuber e podcaster Foto: Reprodução Youtube

O youtuber e podcaster Bruno Monteiro Aiub, mais conhecido como Monark, comentou no Twitter sobre a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de aceitar o pedido do Partido dos Trabalhadores (PT) e censurar o canal Brasil Paralelo.

A campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) exigiu na Justiça Eleitoral a exclusão de vídeos que expõem os crimes cometidos durante o governo do agora candidato à Presidência.

– Brasil Paralelo está sendo alvo de censura política. A pedido do PT, o TSE está censurando um conteúdo legítimo. Se o Lula ganhar, eu tenho certeza que teremos uma ditadura. Na real, já vivemos em uma ditadura do judiciário, com o Lula só vai piorar – declarou.

O vídeo censurado mostra reportagens sobre crimes de corrupção envolvendo petistas, como o mensalão, a máfia dos sanguessugas, o deputado flagrado com dólares na cueca, entre outros.

Leia também1 TSE proíbe Brasil Paralelo de vincular Lula a corrupção
2 “Fake news é falar que Lula é contra o aborto”, diz Bolsonaro
3 PT vai a TSE para censurar Brasil Paralelo e outros perfis
4 Notícia sobre afinidade com Lula é 100% falsa, diz Brasil Paralelo
5 Bolsonaro diz que Lula colocará "bandidos" nos ministérios

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.