Leia também:
X Ator que fez o Quico diz que Covid é invenção de Bill Gates

Ministros religiosos poderão receber auxílio de R$ 600

Câmara dos Deputados aprovou projeto que amplia quantidade de categorias aptas a obter o benefício

Henrique Gimenes - 17/04/2020 19h17

Deputado federal Abílio Santana Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (16), a Câmara dos Deputados votou e aprovou um projeto de lei que inclui mais categorias nas que estão aptas a receber o auxílio emergencial de R$ 600 do governo. E umas das novas que terão direito ao benefício é a dos ministros evangélicos.

O trecho que trata de ministros religiosos e profissionais do tipo com baixa renda foi incluído no projeto após articulação do vice-presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado federal Abílio Santana (PL-BA).

Ao falar sobre a mudança, o parlamentar ressaltou que muitos ministros religiosos estão sem renda devido à crise do coronavírus.

– O povo de Deus não está só. A Frente Parlamentar Evangélica agiu para conter os efeitos da crise, junto aos ministros religiosos, que agora também podem recorrer ao auxílio emergencial. Nada mais justo. Entendo que são missionários de Deus, que dedicam suas vidas para pregar a palavra do Pai. As restrições aos cultos durante a pandemia do coronavírus tem afetado diretamente no sustento das suas família – afirmou.

O auxílio emergencial poderá ser solicitado pelos aplicativos da Caixa Econômica Federal ou no site do banco.

Leia também1 Brasil tem 2.141 mortes por Covid-19 e 33.682 casos
2 Senado aprova Orçamento de Guerra e texto volta à Câmara
3 Crivella: "Uso de máscara será obrigatório no Rio de Janeiro"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.