CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Carla protesta contra música de Ludmilla: ‘MP tem que agir’

Ministro da Saúde elogia o Instituto General Villas Bôas

'Certamente, irá contribuir muito para o avanço da ciência e qualidade de vida', disse Mandetta

Ana Luiza Menezes - 07/01/2020 00h33 | atualizado em 07/01/2020 01h00

Ministro da Saúde, Henrique Mandetta Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (6), o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, usou as redes sociais para elogiar o trabalho do Instituto General Villas Bôas. Segundo ele, a iniciativa surgiu inspirada em uma das figuras públicas mais respeitadas da história do país.

– Certamente, irá contribuir muito para o avanço da ciência e da qualidade de vida de pessoas com deficiência, doenças raras e crônicas – declarou.

O instituto, que leva o nome do general Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército Brasileiro e atual assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, tem a missão de apoiar pessoas com doenças raras, crônicas e com deficiência.

General Eduardo Villas Bôas Foto: Beto Barata/PR

Villas Bôas sofre de esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença neuromotora de caráter degenerativo. Com funcionamento em Brasília, no Distrito Federal, o instituto foi fundado para disseminar informações para o acesso às chamadas tecnologias assistivas, que ajudam a manter ativas as pessoas que têm doenças semelhantes, conforme explicou o general durante a inauguração.

Em publicação, Mandetta elogiou o instituto Foto: Reprodução

Leia também1 Carla protesta contra música de Ludmilla: 'MP tem que agir'
2 Bolsonaro deve fazer nova viagem de recesso com a filha
3 Deputado aciona PF e PGR por música de Ludmilla na Globo

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo