Leia também:
X Lula perde processo e terá que pagar R$ 150 mil a jornalistas

Ministro da Saúde é ‘contrário’ à lei que obriga uso de máscaras

Em evento no Piauí, Marcelo Queiroga também disse ser contra passaporte da vacina

Henrique Gimenes - 08/10/2021 16h11 | atualizado em 08/10/2021 16h44

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga Foto: Isac Nóbrega/PR

Nesta sexta-feira (8), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou a necessidade de se adotar um passaporte da vacina no país e afirmou que é “absolutamente contrário” a leis que determinam o uso obrigatório de máscaras. A declaração foi dada durante um evento no Piauí.

Para o ministro, é preciso conscientizar a população para que ela siga as medidas sanitárias.

– Essa história de lei para obrigar qualquer coisa é absurda. Primeiro, que não funciona. O que temos que fazer é [no sentido de] as pessoas aderirem às recomendações sanitárias. O cuidado é individual; o benefício é de todos […] Passaporte disso, passaporte daquilo. A população brasileira em breve vai estar toda vacinada – destacou.

Para Queiroga, é preciso parar de “dividir” a população do país.

– [Sou] Absolutamente contrário a essas leis […] Não precisa de lei mandar fazer; nós já temos. Parar com essa mania de “legislorragia” inútil: usa máscara, tem que trocar a máscara de quanto em quanto tempo. Como eu fiscalizo isso? A gente precisa é conscientizar as pessoas e parar com essa história de dividir a população brasileira – ressaltou o ministro da Saúde.

Leia também1 Presidente do CFM critica a CPI e avisa: "A verdade vai prevalecer"
2 PM que chamou bolsonaristas de 'cornos' vira alvo de investigação
3 Distribuição de absorventes teria custo de R$ 84 milhões. Entenda!
4 Bivar dá ultimato a apoiadores de Bolsonaro no União Brasil
5 Bolsonaro rebate polêmica com absorventes: 'Obrigado a vetar'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.